Fique sempre atualizado!
Cadastre-se e receba nossas novidades em seu e-mail.
Widget by MundoBlogger

quarta-feira, 1 de julho de 2009

4

Crianças que não Envelhecem

Brooke Greenberg nasceu em Janeiro de 1993, tem hoje 16 anos, mas pesa 7,3kg, tem apenas 76cm de altura e permanece com o tamanho e a capacidade mental de uma criança de 1 ano. Ela também não fala, não se locomove sozinha e continua a ter os mesmos dentes de quando era, de fato, um bebê. Brooke nunca foi diagnosticada como sendo portadora de nenhuma síndrome genética conhecida nem anomalia cromossômica que pudessem explicar o fato de ela simplesmente não crescer. Mesmo um estudo aprofundado do seu DNA não foi capaz de especificar o motivo pelo qual ela continua a ter corpo e aparência de uma criança mesmo sendo uma adolescente. O médico de Brooke, Lawrence Pakula, não sabe explicar. "Nunca tinha visto nada parecido. Ela é sempre uma surpresa", diz.
Os pais da menina, Howard e Melanie Greenberg, também não têm qualquer explicação para o fato. O casal tem outras três filhas - Emily, 22, Caitlin, 19, e Carly, 13 -, todas com desenvolvimento físico e neurológico normal.


Brooke junto com suas três irmãs. Foto atual, ela com 16 anos.


Para Richard Walker, da Faculdade de Medicina da Universidade do Sul da Flórida, em Tampa, o corpo de Brooke não tem um desenvolvimento coordenado. É como se ele estivesse fora de sincronia. Um indício disso é a sua idade óssea, estimada em 10 anos.
Segundo os próprios pais de Brooke contaram ao site do jornal inglês Daily Mail, ela teve uma série de problemas desde que nasceu. Em seus primeiros seis anos de vida, passou por uma série de emergências médicas e sobreviveu a todas, muitas vezes sem explicação. Ela sobreviveu, por exemplo, à cirurgia para tratar sete úlceras estomacais. Em seguida, sofreu uma convulsão cerebral que foi diagnosticada como um acidente vascular cerebral, uma doença que, segundo seus pais, semanas mais tarde, não havia deixado qualquer dano aparente. Aos 4 anos de idade, Brooke caiu em uma letargia que a levou a dormir por 14 dias. Médicos, então, diagnosticaram um tumor cerebral.
"Nós estávamos preparados para a sua morte. Foi quando, de repente, o médico nos chamou. Brooke tinha aberto os olhos e estava bem", conta Howard. "Ela supera todos os obstáculos que são lançados no seu caminho". Apesar de todas as dificuldades, Brooke frequenta uma escola para crianças com necessidades especiais. Segundo sua mãe, Melanie, ela adora fazer compras, "como toda mulher". Um documentário sobre a vida de Brooke está previsto para ir ao ar ainda neste ano, nos Estados Unidos.



Brooke com 3 anos.




Brook com 7 anos.




Brook com 8 anos.




Brook com 12 anos.




Brook com 13 anos.

video

4 Comentários:

Jack'tiger disse...

Oi pessoal...
Eu acredito que eu tenha essa doença também do não envelhecimento.
Não me vanglorio por isso, pois não eh nada legal ver as pessoas envelhecendo eu não.
Tah as vezes é legal só as vezes.
Eu tenho 26 anos e desde os 13 anos não envelheci mas. As vezes fico até sem jeito de dizer a minha idade porque as pessoas acham que estou mentindo.
Bom é isso .. deicho aqui o meu depoimento

Ei ! Rhayane !? disse...

as vezes é difícil mesmo jack , já me aconteceu varias vezes é chega a ser constrangedor quando se vai fazer matricula em alguns cursos ou vai ao medico e chamam um pediatra. isso já me ocorreu varias vezes é ate comentários de pessoas que dizem que não desenvolvemos, mas acredito que um dia crescemos, mesmo que demore
>.< eu tenho 21 anos e já me mandaram para pediatria é ate uma medica me disse que não atendia menores de 18 anos ^^

Roni Ribeiro disse...

Entendo como vocês se sentem.

Acho que também tenho essa característica. Tudo indica que meu envelhecimento aparente estacou nos meus 17 anos.

Estou para completar 34 agora. É constrangedor quando meus amigos pessoais perguntam a outras pessoas quantos anos elas acham que eu tenho.

Mas tenho que admitir que isso é uma vantagem biológica e acho que é bem mais fácil conviver com essa característica do que com envelhecimento precoce.

Talvez se comprovássemos o que acontece conosco, poderíamos ajudar a Brooke de alguma forma. Afinal, seja lá o que ela tem, está óbvio que o caso dela é bem mais dramático que o nosso.

Anônimo disse...

Verdade gente. Eu assim como meus colegas ai em cima tambem sou um velho novo ( ou novo velho). Tenho 87 anos mas estanquei nos 18. Sempre que vou ao geriatra me mandam pra pediatria. Acho que no mundo só eu e Keanu Reeves somos imortais. E tudo isso comprovadamente , com estudos realizados em meu laboratório, se deve a uma alteração genética que ocorreu no meu filamento denominado telomeridase, a qual batizei de teleromIDADE85 ( em homenagem a idade que tinha quando a identifiquei no microscópio eletronico). Essa descoberta ocorreu quando analisei duas celulas do meu corpo ( uma somática e outra germinativa). Infelizmente essa descoberta nao poderá ser passada adiante para humanidade, pois temo um caos infinitamente maior que a bomba atômica ( imagem Hitler imortal no poder). Infelizmente virei um andarilho pelo mundo e todas as pessoas que convivi ja nao estao mais aqui. E certamente um dia estarei escrevendo aqui para seus tataranetos, pois até vcs passarão.