Fique sempre atualizado!
Cadastre-se e receba nossas novidades em seu e-mail.
Widget by MundoBlogger

quarta-feira, 17 de março de 2010

0

AS ASSOMBRAÇÕES DO CRESCENT HOTEL




Localizado em Eureka Springs, cidade do Arkansas, nos EUA, o Crescent Hotel tem uma peculiaridade muito interessante: ele é mal-assombrado. Isso mesmo, mal-assombrado!
Conta-se que um homem chamado Norman Baker havia aplicado um tremendo golpe. Iludiu inúmeras pessoas que tinham câncer, mentindo que possuía um remédio para curar tal doença. Em 1929, no auge da Grande Depressão, após fazer pequena fortuna e algumas das suas vítimas morrerem do câncer que ele prometera curar, Baker transferiu-se para o Arkansas, fugido, onde comprou um hotel já falido, empreendendo um novo negócio.
No entanto, o novo negócio não prosperou muito, como desejava, pois os hóspedes não permaneciam muito tempo no hotel. Afirmavam que o mesmo era assombrado. Viam vultos, objetos que se moviam, cortinas que balançavam fortemente mesmo com as janelas fechadas, escutavam sons estranhos que lembravam gemidos de alguém com dor, etc.
O próprio Baker começou a ficar angustiado, pois associou as aparições em seu hotel com as vítimas que ele ludibriara e que morreram, vindo agora, do mundo dos mortos, vingar-se dele.
Baker quase enlouqueceu, afastando-se dos negócios e evitando aplicar novos golpes.
Mesmo assim, as assombrações no Crescent Hotel nunca cessaram, sendo hoje até exploradas comercialmente.
Casos como este são mais comuns do que se pensa.

Os lugares mal-assombrados são de todos os tempos e lugares.

Documentos antigos do Egito, da Babilônia, da Grécia, da Roma, da China, etc., noticiam a ocorrência de fenômenos insólitos em casas, palácios, templos, florestas..., vulgarmente reputados como mal-assombrados e geralmente relacionados à intervenção dos mortos.

Comentários: